AMEPE E A SEGURANÇA PÚBLICA EM MONTENEGRO

                                                                                                                              penitenciáriapesqueiro

Na ocasião da instalação da Penitenciária Modulada de Pesqueiro em Montenegro, o nosso grupo de microempresário de Montenegro, hoje AMEPE – www.amepemontenegro.com.br alertou a comunidade para os problemas futuros que aconteceriam com o crescimento e o excesso da população de apenados no local.
Na oportunidade algumas autoridades, empresários e entidades defendiam o Presidio em Montenegro e outras se omitiram. Não fomos ouvidos e hoje estamos a beira do caos com a transferência do Presidio Central de Porto Alegre para Montenegro.

Os “técnicos” gostam de números, vamos a eles:

Em tese cada preso tem ligação criminosa com mais 5 pessoas fora da cadeia. Assim sendo com a perspectiva de 4 mil presos em Montenegro vezes 5 criminosos no rua, teremos em breve 20 mil pessoas ligadas ao crime na cidade de Montenegro.

Considerando a população de 50 mil pessoas em Montenegro, teremos em breve 20% da população da cidade envolvida com o crime. Isto sem falar no semi-aberto.
Queremos saber a sua opinião sobre o assunto, ainda há tempo de fazer alguma coisa, estamos aceitando a sua sugestão de como podemos “agora” evitar que a “nossa” Montenegro vire referência negativa no estado via criminalidade. Por favor colabore. Muito obrigado!